Inovar geral Inovar profissional Inovar EFA inovar Paa inovarPessoal Inovar Alunos spacer portalsige Serviço SMS Webmail spacer fit escola MoodleGest Mra MoodlePed Mra spacer Camera SH audio and video icon 32 graphix my documents 283x283 Logo
C Geral C Prof EFA PAA Pessoal Consulta   Sige SMS WebMail   FitEscola MoodleGest MoodlePed   Fotos Vídeos Documentos FB Ass Pais

novembro 2019
D Sb
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Visitantes desde 29 Out 2011

3424921
Hoje4153
Ontem4086
Esta Semana17084
Este Mês57962
Mais visitantes no dia... 23-05-2019 : 4903

O Inovar no Telemóvel

Já pode utilizar o Inovar no seu telemóvel

Professor     Aluno
 android logo PNG34 iphone logo apple logo spacer android logo PNG34 iphone logo apple logo

DMCE - Ciência Vai À Escola (1ª Sessão - Turmas Do 4º Ano)

Entre os dias 8 e 15 de outubro realizou-se a primeira sessão do projeto “Ciência vai à escola” nas turmas do 4º ano das escolas do agrupamento.
Para promover uma maior articulação vertical interciclos, no Agrupamento de Escolas Matilde Rosa Araújo foi criado, há 3 anos, o Projeto Ciência vai à escola, com o objetivo de alargar o ensino experimental das ciências aos alunos do 1º ciclo. Nos primeiros 2 anos de vigência do projeto apenas aos alunos do 4º ano de escolaridade, no ano passado foi alargado às salas do pré-escolar e este ano às turmas do 2º e 3º anos.

foto 2   foto 3  foto 1

Neste projeto são abordados os conteúdos da área curricular de Estudo do Meio, que também são consolidados de uma forma prática. As atividades são realizadas em grupo, sendo facultado a cada aluno um protocolo experimental com um relatório orientado. Os alunos realizam as atividades de uma forma autónoma com a orientação dos professores envolvidos no projeto.
O Projeto tem como intuito promover o gosto pela ciência e o espirito investigativo; promover a autonomia dos alunos; incentivar a discussão e avaliação de resultados experimentais, de modo a que os alunos aprendam a cooperar e a ajudar-se mutuamente; fomentar a partilha de saberes; despertar o interesse pelo saber e sensibilizá-los para a importância do mesmo para a sua vida futura, social e profissional.
Pelo feedback dos alunos e seu professores, o projeto parece ter “pernas para andar!”